Que ar condicionado devo escolher? 5 aspetos a ter em conta

ar-condicionado-gds-imobiliaria-gomes-da-silva-braga-1

Escolher um ar condicionado não é tarefa fácil, e há aspetos muito importantes a ter em conta. Dizemos-te quais são.

Manter uma temperatura agradável em casa é um verdadeiro luxo, ainda mais quando o calor começa a ser avassalador. Mas escolher o melhor ar condicionado não é fácil. Inúmeros fatores entram em jogo e somente uma boa decisão permitirá ter um ambiente confortável com um consumo ajustado. A que deves prestar atenção? Os especialistas da Habitissimo apresentam 5 aspetos a ter em conta na hora de escolher um ar condicionado.

 

1. Tipo de ar condicionado

 

É o primeiro fator importante. Se o uso for pontual, o ar condicionado portátil oferece a vantagem de não precisares de instalação e podes levá-lo de uma divisão para outra.

Quando o equipamento está em uso regular, os ares condicionados split oferecem bom desempenho e a instalação é simples. E, caso tenhas de arrefecer mais do que uma divisão, a solução são as unidades mulsplit, com uma única unidade exterior e várias interiores.

 

Unsplash
Unsplash

 

2. Calcular a potência adequada

 

É a segunda pergunta chave. As necessidades de ar condicionado são o que condicionará a potência do ar condicionado. E é essencial que ajustes muito bem o cálculo. A razão? Um equipamento ou sistema mal dimensionado irá consumir mais e o risco de avarias, caso a energia seja insuficiente, aumenta significativamente.

A zona climática, a orientação da divisão a ser climatizada ou o nível de isolamento da casa influenciam os cálculos. Existem calculadoras online que ajudam a determinar a potência em cada caso, mas o melhor conselho é sempre recorrer a profissionais.

 

Pexels
Pexels

 

3. Prestar muita atenção à eficiência

 

Considerando o preço da energia elétrica, vale a pena pagar um pouco mais por equipamentos mais eficientes. Nesse sentido, vale a pena atentar para dois aspetos importantes. A primeira delas é a etiqueta energética, que reflete o consumo anual em quilowatts/hora.

A segunda questão está relacionada à tecnologia. Escolher um ar condicionado com tecnologia inverter também é apostar na eficiência. Este equipamento regula a velocidade do compressor para que funcione constantemente, evitando paragens e arranques que aumentam o consumo de energia.

 

 

4. Cuidado com o nível de ruído

 

Inevitavelmente, o ar condicionado faz barulho. Embora hoje em dia o equipamento seja silencioso, não te deves esquecer de verificar esse aspeto, principalmente se fores colocar uma unidade num quarto. O nível sonoro também é refletido na etiqueta energética. A recomendação é que não ultrapasse 25 dB.

E não só o ruído da unidade interna, mas o ruído da unidade externa também é importante para evitar incomodar os vizinhos. Além disso, devem ser levadas em conta as portarias municipais, que podem impor limitações tanto no local de instalação quanto no nível de emissão de ruído.

 

pxfuel
pxfuel

 

5. Apenas frio ou também quente

 

Uma última questão relevante tem a ver com o uso que pretendes fazer do aparelho. Os modernos equipamentos de quente/frio também são eficientes e permitem que uma divisão ou a casa sejam climatizadas durante todo o ano.

Estas são as perguntas básicas que deves avaliar com calma antes de escolher o ar condicionado ideal para a tua casa. Uma boa decisão tornará a tua vida muito mais confortável e sem gastar mais do que o necessário.

 

 

Fonte: Idealista.pt

Publicado a: 15 de Junho de 2022

Por: Idealista.pt

Avalie o seu imóvel